Blog da Norte

Conteúdos únicos da Norte Refrigeração

O que é eficiência energética na prática?

Eficiência energética na prática

Sabemos que a economia de energia é algo buscado por todas as pessoas e negócios. Por esse motivo, a fim de incentivar ainda mais uma política de consumo consciente e sustentável, o termo eficiência energética tem sido bastante discutido na atualidade. Contudo, muitos não entendem o seu significado e muito menos como aplicá-lo.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o nosso post e tire todas as suas dúvidas.

Afinal, o que é eficiência energética?

Lâmpada sobre moedas, simbolizando a economia de energia

Em geral, podemos definir que o termo nada mais é do que um conjunto de medidas que são tomadas para otimizar o consumo de energia. Além disso, ela também está inteiramente relacionada à sustentabilidade.

Quem faz a definição das diretrizes da política de energia no Brasil é o próprio governo, por meio do MME (Ministério de Minas e Energia).

Em outras palavras, a eficiência é importante tanto para quem deseja mais economia de energia e assim ter menos gastos em seu negócio, quanto para o próprio meio ambiente. Ambos os lados tendem a se beneficiar, mesmo que o consumo de energia ainda esteja caro no país por conta da privatização de empresas energéticas.

Eficiência energética na prática: como fazer?

Agora que você já entendeu o conceito e a importância da eficiência energética, está na hora de saber como ela funciona na prática. Ou seja, o que fazer para ter um consumo de energia com mais consciência e com mais sustentabilidade? Vamos conferir algumas dicas práticas abaixo:

1. Troque suas lâmpadas convencionais

Mesmo que possa parecer simples, a troca de lâmpadas incandescentes por fluorescentes, como as famosas LEDs, representam uma excelente maneira de começar a praticar a eficiência energética, seja na sua empresa ou na sua casa. Até porque, sabe-se que as lâmpadas LED possuem vida útil cerca de 60 vezes maior do que as lâmpadas convencionais.

Lâmpada LED acesa

2. Troque o seu maquinário por equipamentos mais modernos

Uma excelente dica para reduzir ainda mais o seu consumo é trocar suas antigas máquinas de trabalho, que tendem a gastar bastante energia, por equipamentos mais modernos! Isso porque eles tendem a vir com mecanismos que ajudam na economia e, por consequência, na redução dos gastos. Sem contar que cada vez mais a tecnologia tende a reduzir o excesso de atividade manual, ou seja, os novos aparelhos tendem a vir com muito mais funções.

Para escolher aparelhos mais econômicos, fique sempre atento à classificação energética mostrada no Selo Procel.

3. Faça uma análise em relação aos seus gastos

Pessoas fazendo contas com calculadora e papel

Não menos importante do que todos os itens acima é analisar todos os seus gastos energéticos. Verifique os equipamentos que mais consomem energia e analise a possibilidade de desligá-los por um período de menor uso. Ou, se for o caso, a troca dele por um mais novo, eficiente e sustentável.

Conforme vimos, a eficiência energética tem como base a economia de energia no sentido de realizar a maior quantidade possível de atividades com o menor volume possível de energia. Portanto, os benefícios dessas ações vão tanto para o meio ambiente quanto para o seu bolso.

Gostou deste artigo? Agora que você já tirou todas as suas dúvidas sobre o tema, que tal acessar o nosso blog e conferir mais dicas para sua casa e seu negócio? Não se esqueça também de conferir nosso site para encontrar os equipamentos mais econômicos e com o melhor preço do mercado.

5 1 Vote
Avalie este artigo
guest
0 Comentários
Feedbacks
Ver todos os comentários

Inscreva-se e fique por dentro de todas as nossas novidades

    Últimos Posts

    Compartilhe

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp
    Share on email
    0
    Adoraríamos receber sua opinião por favor, comente!x
    ()
    x
    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp
    Share on email