A quantidade de pás da hélice influencia na potência do ventilador?

Com o calor ultrapassando a marca dos 40 graus em muitas cidades do Brasil os ventiladores são a procura mais lógica e prática para se refrescar.

Essa busca pode gerar muitas dúvidas sobre o modelo ideal considerando os diversos tipos, como de teto, de parede, de mesa ou coluna, para cada ambiente. Mas outra dúvida muito frequente é sobre a quantidade de pás de hélice.

Hoje encontramos no mercado modelos com 2, 3 até 6 pás de hélice e muitas pessoas não sabem qual é a diferença em relação à eficiência e também ao consumo.

Por isso esse é tema do artigo de hoje. Vamos desvendar os mistérios do número de pás de hélice dos ventiladores e descobrir se esse fator influencia a potência do equipamento.

Número de pás de hélices

Se pensarmos rapidamente podemos achar que quanto maior o número de pás, maior também será o volume de vento, certo?

Não necessariamente! A potência do ventilador está relacionada a alguns fatores:

  • A quantidade de pás;
  • A inclinação das pás;
  • A capacidade de rotação por minuto (rpm) do motor;

Nessa questão podemos dizer, inclusive, que a quantidade de pás é o fator menos determinante para o aumento do volume de vento.

A capacidade de rotação por minuto do motor é o fator mais decisivo. Se você tiver um ventilador com 6 pás de hélice, com inclinação ideal, mas com motor com baixa rotação por minuto, ficará insatisfeito com o resultado.

Então na hora de escolher o seu ventilador comece pesquisando pelo rpm.

No caso de ventiladores de teto, por exemplo, as boas opções começam em 250 rpm, caso você more em uma região não tão quente. Mas se você for calorento busque por equipamentos mais velozes. Alguns chegam a 690 rpm.

Entretanto, lembre-se de que quanto maior for a rotação por minuto, maior também será o barulho.

Qual é a influência da quantidade de pás?

Quanto mais pás o seu ventilador tiver, maior será a sua capacidade de espalhar o ar pelo ambiente.

Ventiladores com apenas 2 pás normalmente têm um fluxo de ar bem próximo ao centro. Se for de teto, você sentirá o vento apenas embaixo dele.

Já ventiladores com mais pás conseguirão espalhar o vento por uma área maior, perdendo um mínimo de potência.

Sendo assim também fica claro que o número de pás de hélice não influencia na potência do ventilador. Essa responsabilidade é do motor e da capacidade dele em girar mais vezes por minuto.

Um fator importante a ser avaliado também na hora de comprar o seu ventilador é o consumo. Ventiladores mais potentes tendem a consumir mais energia. Então verifique sempre a classificação energética do aparelho. Se for nota A ele pesará menos na conta de luz.

E a inclinação das pás?

Quanto maior for a inclinação das pás maior será o volume de ar movimentado, consequentemente, mais vento você vai sentir. Alguns modelos chegam a ter 15 graus de inclinação, mas a maioria fica entre os 5 e 6 graus.

Mas lembre-se de que quanto maior for o número de pás e a inclinação das pás, mais potente deve ser o motor do ventilador. E não se esqueça também de escolher modelos que tenham controle de velocidade, daqueles que vão além do simples liga / desliga. Isso permite que você use o seu ventilador o ano todo.

Quer conhecer nossos modelos de ventiladores? Acesse nossa loja e confira todas as opções ou entre em contato pelo WhatsApp.

Deixe um comentário