Blog da Norte

Conteúdos únicos da Norte Refrigeração

5 dicas de como organizar gôndolas em supermercados

Diversos são os fatores que fazem um supermercado se destacar diante da concorrência. A qualidade do atendimento, a variedade de produtos ou até mesmo a localização, por exemplo. Nesse sentido, organizar as gôndolas em supermercados também é decisivo na geração de lucro para a empresa e na facilidade para o consumidor.

Isto porque a disposição dos produtos pode gerar uma rotação de mercadorias maior, ampliação da margem de lucro, otimização na gestão de estoque e, ainda, aprimorar a experiência do consumidor como um todo.

Confira 5 dicas de como organizar gôndolas em supermercados e note o salto que você pode dar com a aplicação desta simples ferramenta. Boa leitura!

Por que organizar a gôndola?

Organizar as gôndolas pode ser um fator decisivo para todos os segmentos da economia, pois quando os produtos estão alinhados, categorizados e separados, torna-se mais simples para o consumidor encontrar o que quer e sair satisfeito.

Homem comprando produto de gôndola de supermercado

Todos têm uma experiência de algum estabelecimento que jamais voltaria simplesmente pelo fato de não conseguir encontrar os produtos que queria, em primeiro lugar!

Ainda, observando do ponto de vista do estabelecimento, os produtos com margens de lucro melhores podem acabar sendo ignorados pelo consumidor, e aqueles de menor giro recebendo destaque quando não estão na posição correta. Confira as 5 dicas para solucionar esses problemas.

1. A altura é um fator decisivo na venda

A disposição dos produtos com base na altura possui um embasamento muito direto. O que está na altura dos olhos é facilmente percebido, e fora do campo de visão, pode ser ignorado.

  • No chão ficam os produtos pesados, que oferecem risco ao cliente caso ele derrube.
  • Abaixo da cintura devem ser posicionados os itens essenciais e mais baratos, afinal o consumidor precisa deles e são aqueles que o fazem sair de casa e ir até o supermercado.
  • Na linha da cintura ficam os produtos de maior giro, mas também as guloseimas, rótulos coloridos e atraentes, pois é a altura média das crianças, os maiores aliados na compra por impulso.
  • Altura dos olhos é a posição nobre, onde ficam os itens mais caros e de maior margem de lucro, sendo os primeiros a serem reconhecidos pelos clientes.
  • Por fim, na última prateleira, aqueles que não apresentam um grande volume de vendas, mas são essenciais.
Mulher olhando gôndola organizada em supermercado

2. Utilize o agrupamento correto

Há, basicamente, quatro métodos para organizar o layout de gôndolas. Aleatoriamente causa muita confusão, então não é mais aceito. Sazonalmente, ou por meio de ilhas que favorecem produtos da época, como páscoa, carnaval e natal.

No entanto, focaremos em duas primordiais.

A organização vertical coloca produtos de uma mesma marca um acima do outro, permitindo que o consumidor observe todos os rótulos daquela linha de uma maneira simples, podendo comparar itens de um mesmo segmento.

No método horizontal, as marcas são separadas em blocos, permitindo essa diferenciação rápida, ao mesmo tempo que permite uma comparação de preços e custo-benefício.

3. Tome muito cuidado com a validade

Treine os seus colaboradores quanto ao PVPS. Primeiro que Vence, Primeiro que Sai. É essencial que os produtos não vençam dentro do seu estabelecimento, isso pode comprometer a margem de lucro, além de que você pode sofrer punições por algumas marcas que devem retirar os produtos visando reduzir o próprio prejuízo com reposição.

4. Agrupe produtos por categoria

Se você tem um açougue, próximo dele pode ficar uma prateleira com todo o kit de churrasco. Ao lado da padaria, por que não um display com itens de café da manhã e da tarde?

Dessa maneira o consumidor que vai buscar um item específico pode encontrar um que complementa a experiência, mas que nem imaginava ser necessário até ver com os próprios olhos.

5. Informe o consumidor

Algo que frustra muitos consumidores é encontrar o produto que foi buscar e estar sem preço ou rótulo. Isso transmite falta de profissionalismo, e não se engane, ele não vai perguntar por isso.

Mulher ao lado de gôndola de supermercado organizada com preços de produto

Os preços nas prateleiras são uma poderosa ferramenta de vendas, uma vez que o cliente sabe exatamente o quanto irá precisar no final da compra, e pode comparar com outras marcas e linhas.

Organizar gôndolas em supermercados é uma regra!

A organização das gôndolas pode ser um diferencial competitivo no seu supermercado. É com ela que a experiência do consumidor é otimizada, ao passo que a margem de lucro pode dar um salto gigantesco rumo ao sucesso.

Para conferir mais dicas como essa, acesse nossos outros artigos para seu negócio e entre em contato com a gente para mais informações sobre produtos para supermercado.

Inscreva-se e fique por dentro de todas as nossas novidades

    Últimos Posts

    Compartilhe

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp
    Share on email
    0
    Would love your thoughts, please comment.x
    ()
    x
    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp
    Share on email