Ventilador de teto, parede ou coluna? Saiba qual o melhor para cada tipo de ambiente.

Há cerca de 140 anos usamos os ventiladores para amenizar o calor, e desde a sua invenção muita coisa mudou.

Hoje existem diversos modelos de ventiladores, cada um com características específicas e indicações mais eficientes de uso, e isso pode gerar muitas dúvidas sobre qual modelo comprar.

Por isso esse é o tema do artigo de hoje. Vamos falar sobre os principais tipos de ventiladores e o que você deve considerar para escolher o ideal para a sua casa ou empresa.

Ventiladores de teto

Os ventiladores de teto são os mais poderosos e eficientes quando falamos em melhorar a circulação de ar em um ambiente de maneira uniforme.

Como são instalados no teto, são muito práticos, não ocupam espaço útil e conseguem distribuir igualmente o fluxo de ar em um ambiente de até 25 m².

Dependendo do modelo, pode ter a função de exaustão também, que ajuda a eliminar o ar quente e favorece a troca entre o ambiente interno e externo.

Mas é preciso tomar cuidado com tetos rebaixados e com móveis altos, como guarda-roupas e estantes, que devem ficar, no mínimo, a 70 cm de distância do equipamento.

Geralmente possuem luminárias e design diferenciado que ajudam a compor a decoração dos ambientes.

Ventilador de parede

Os modelos de ventiladores de parede são muito utilizados em ambientes comerciais e também em locais com teto rebaixado, que não permitem a instalação do equipamento no teto.

Podendo atingir velocidade maior, costumam oferecer regulagem na horizontal e na vertical. O fluxo de ar emanado do ventilador de parede é direcionado e pode refrescar um ambiente com até 50 m².

O cuidado deve ser com o conforto dos usuários, que pode ser prejudicado pelo vento forte no rosto e em documentos, e também com a localização da instalação para que o fluxo forte de ar não impeça a entrada do ar natural pelas portas e janelas.

Ventiladores de mesa ou coluna

Os ventiladores de coluna são uma espécie de adaptação dos ventiladores de mesa, por isso podem entrar na mesma categoria.

Esses modelos costumam ser mais silenciosos e menos potentes, refrescando ambientes de até 12 m². Entretanto hoje já existem modelos com um número maior de pás e de rotações por minuto no motor, o que aumenta sua eficiência.

Entre as vantagens desses modelos estão a versatilidade e o custo. Por serem menores e portáteis, podem ser transportados para qualquer ambiente facilmente. Também oferecem diferentes designs e você pode conferir alguns aqui mesmo no nosso site.

Os modelos de coluna costumam ter uma haste de 40 a 60 cm, deixando o fluxo de ar com altura mais confortável.

Outros modelos de ventiladores

Além desses ainda existem os modelos de circulador de ar e os mini ventiladores.

Os circuladores de ar permitem que o ar circule por todo o ambiente, ao contrário dos ventiladores que direcionam o fluxo de ar para um ponto fixo. Por isso muitas pessoas não consideram que os circuladores façam parte dos tipos de ventiladores.

Já os mini ventiladores são versões menores dos ventiladores de mesa, portanto com eficiência reduzida também. A vantagem é que eles podem funcionar com pilhas ou por USB, facilitando bastante o seu uso.

Quer saber mais sobre os modelos de ventilador? Entre em contato com um dos nossos consultores pelo WhatsApp.

Deixe um comentário