Liquidificador de Alta ou Baixa rotação? Aprenda a diferença!

Se você precisa de um liquidificador, basta acessar a internet ou ir até uma loja física. Em cinco minutos você sai de lá com um novinho em folha, pronto para fazer o que você bem entender na cozinha. Afinal, um liquidificador é só um liquidificador, certo? Errado!

Um liquidificador é um aparelho que possui suas próprias peculiaridades. Não adianta querer usar um mesmo equipamento para fazer um suco e, em seguida, tentar bater uma massa de bolo.

Das duas uma: ou você não vai conseguir o prato ou bebida que queria ou, na pior das hipóteses, forçará seu liquidificador até danificá-lo. E claro, ninguém quer jogar dinheiro fora desse jeito.

Hoje vamos falar um pouco sobre os liquidificadores de baixa e alta rotação, apresentando suas principais diferenças. Então, se você precisa de um liquidificador novo para a sua lanchonete, restaurante ou para qualquer outra finalidade, é só continuar lendo esse artigo.

Que tal aproveitar também para conhecer nossas opções de liquidificadores industriais? É só clicar aqui!

Posso utilizar um liquidificador doméstico no meu estabelecimento?

Resumidamente: evite isso ao máximo!

Nós explicamos: o preço inicial de um liquidificador doméstico pode até ser menor, mas o custo final, caso você o utilize no seu estabelecimento, é muito maior. Isso porque você terá custos associados a:

– Substituição de um liquidificador que não atende às demandas da sua cozinha;
– A decepção dos seus clientes com a diferença na consistência dos produtos servidos;
– A falta de uma garantia de nível comercial;
– Acredite, investir em um equipamento novo, voltado para o seu segmento, vai lhe poupar dinheiro e muita dor de cabeça.

Por que os liquidificadores industriais são a escolha certa?

Ser proprietário do seu próprio negócio não é tarefa fácil, exigindo muita atenção e diversos cuidados. Por isso, é de extrema importância que o seu estabelecimento esteja devidamente equipado, para atender todas as demandas e evitar surpresas desagradáveis.

Quando mencionamos, anteriormente, que um liquidificador doméstico não seria uma boa escolha para o seu comércio, era exatamente disso que falávamos. O uso contínuo desse tipo de equipamento, para as mais diversas finalidades, acabaria por estragá-lo, gerando um prejuízo desnecessário.

Isso porque, o liquidificador doméstico é feito para o dia a dia, então não conta com recursos como força e tecnologia suficientes para atender as necessidades de uma cozinha profissional. Por isso, invista um pouco mais e escolha um liquidificador projetado exatamente para o que o seu negócio pede.

Por outro lado, o liquidificador industrial é pensado para suportar altas demandas, logo, mesmo sendo utilizado durante horas, dificilmente queimará, por exemplo.

E as vantagens? Listamos algumas para você:

– Mais espaçoso;
– Resistente;
– Pode ser utilizado durante um longo período de tempo.

Certo, mas qual a diferença entre as rotações de um liquidificador?

Um liquidificador industrial de alta rotação é um equipamento fácil de encontrar e está disponível em diversos modelos. Ele é uma excelente escolha para restaurantes, bares, cafés ou qualquer outro estabelecimento em que a produção de líquidos (sucos, vitaminas e shakes, por exemplo) é constante durante o dia todo.

Por possuir uma potência elevada, além de trabalhar em alta velocidade, é a melhor escolha para comércios que trabalham, predominantemente, com bebidas. Então, se você utiliza ingredientes que precisam ser “triturados”, descarte essa opção. Em média, a capacidade desses equipamentos fica entre 1 e 4 litros.

Precisando de um liquidificador de alta rotação? Basta clicar e falar com um de nossos consultores pelo no WhatsApp para atender você.