Ifood : 5 passos rápidos de como cadastrar seu restaurante e turbinar suas vendas

Uma das maneiras de começar a trabalhar com delivery e não precisar investir em site, atendimento pelo WhatsApp, nem um aplicativo próprio, é cadastrando o restaurante no iFood. Considerado o maior foodtech da América Latina, o sistema de vendas online e de entregas em casa vem crescendo.

O cadastro é simples e pode se tornar uma boa alternativa para quem quer impulsionar as vendas. Afinal, o app tem milhares de pessoas cadastradas, que pedem o almoço por meio dele diariamente. Veja os passos para cadastrar seu restaurante e turbinar suas vendas.

Passo 1: cadastre no site do iFood

O primeiro passo é se cadastrar no site oficial. Para isso, acesse https://restaurante.ifood.com.br/ e clique em “fazer parte”, clicando em um botão vermelho, que está na parte superior direita do site. Feito isso, você vai precisar preencher um formulário online, no qual deverá informar dados pessoais como:

  • Nome completo do dono do estabelecimento comercial;
  • E-mail;
  • Número de celular.

Com tudo preenchido corretamente, clique em “Começar cadastro”. Uma nova página será aberta.

Passo 2: cadastre o seu restaurante

Uma vez que o seu cadastro pessoal já esteja feito, é hora de cadastrar o seu restaurante no iFood. Será preciso informar:

  • CNPJ;
  • Razão Social;
  • Nome da loja (esse é o nome que aparecerá no aplicativo);
  • Telefone da loja;
  • CEP;
  • Cidade;
  • Estado;
  • Bairro;
  • Endereço;
  • Número;
  • Complemento (opcional);
  • Especialidade da loja (há uma lista de opções);
  • Informar se o restaurante possui serviço de entrega ou não.

Passo 3: construa a sua imagem

Com tudo preenchido, é hora de construir a sua imagem dentro do app do iFood. Para isso, será preciso informar o que você vai vender, o horário de atendimento, quanto tempo precisa para entregar o pedido, entre outros.

Também é nessa etapa do cadastro que você vai informar os valores dos pratos vendidos por seu restaurante e completar o cardápio. Esse é um procedimento muito importante, pois é por meio dessas informações que as pessoas poderão ter acesso ao que você vende. Dessa forma, é indicado caprichar na descrição dos pratos e nas fotos colocadas. Lembre-se de que é preciso oferecer algo atrativo e, ao mesmo tempo, real.

Passo 4: decida quando quer começar a receber os pedidos

Com tudo pronto, é hora de decidir quando você quer começar a atender pelo iFood. Claro que o seu cadastro passará por uma breve análise, mas isso costuma ser rápido. Porém, a vantagem de poder agendar uma data de atendimento é que você pode se programar. É possível se cadastrar agora e começar a receber pedidos pelo app do iFood na semana que vem, por exemplo.

Passo 5: iFood básico x iFood entrega

Outra escolha que você terá que fazer é o plano que é mais vantajoso para o seu caso. Atualmente, o iFood não está cobrando mensalidade no primeiro mês, mas mesmo assim, é preciso escolher entre um dos planos.

No básico, o próprio estabelecimento é responsável pela entrega dos pedidos, ou seja, você vende pelo iFood e o motoboy do seu restaurante deve levar o alimento comprado até o cliente. O valor da mensalidade é de R$ 100, além de taxa de 12% do valor do pedido e de 3,5% quando o cliente fizer o pagamento pelo aplicativo.

Já o plano iFood, a entrega está disponível apenas em algumas cidades. Nesse caso, a mensalidade é de R$ 130, mais a taxa de 27% sobre o valor dos pedidos. A facilidade, nesse caso, é que a entrega do pedido é gerenciada pelo iFood.

Precisa equipar o seu restaurante? Estamos prontos para atendê-lo. Entre em contato conosco e conheça nosso site ou converse conosco pelo WhatsApp! Aproveite e veja dicas de como armazenar os alimentos corretamente!

Deixe um comentário