Como utilizar corretamente um desumidificador de ar ?

Durante as épocas de tempo seco, é muito comum que as pessoas sintam a falta de umidade no trato respiratório. É neste período que surgem as crises alérgicas, como a rinite e a irritação das mucosas do nariz. Entretanto, a umidade em excesso também é um problema. Para alcançar o meio termo saudável entre os dois, é essencial o uso do desumidificador de ar.

A umidade, quando em excesso, pode danificar tanto a saúde das pessoas quanto elementos da casa, como:

  • Móveis;
  • Cortinas;
  • Colchões;
  • Paredes;
  • Portas, entre outros.

A umidade é responsável pelo aparecimento de mofo, fungos e bolor nas áreas mais escondidas da luz solar. Geralmente, em cantos de parede, atrás de armários, teto e dentro dos móveis. Como consequência, as alergias respiratórias atacam os moradores da casa, principalmente crianças.

O estrago causado nas paredes da casa é capaz de danificar pinturas, deteriorar encanamentos e corroer drasticamente estruturas elétricas. O estufamento e apodrecimento dos móveis de madeira também é causado pelo excesso de umidade.

Desumidificador de ar: o que é?

O aparelho responsável por retirar parte da umidade do ar, chamado de desumidificador, é extremamente necessário em locais com alta incidência de chuva e umidade. Ou seja, quando o dia estiver chuvoso e úmido, o aparelho pode ser ligado dentro do cômodo que mais sofre os efeitos do tempo.

É preferível que o ambiente esteja com suas portas e janelas fechadas, para potencializar o trabalho do aparelho. Ao deixar o desumidificador em ação, agindo no cômodo, as chances de surgimento de bolor, mofo e fungos diminui significativamente.

Entenda como usar o desumidificador de ar

Para que o aparelho seja utilizado da forma correta e forneça todas as suas vantagens, veja as dicas a seguir:

• Prefira desumidificadores que desligam automaticamente ao atingir o limite máximo de água. Aparelhos que continuam funcionando, mesmo com o reservatório cheio, podem causar acidentes;

• Nas primeiras vezes, ao usar, ligue o aparelho em sua potência máxima para retirar com eficiência a umidade de paredes, cortinas e mobília;

• Considere o tamanho do cômodo, pois quanto maior o cômodo, maior deve ser o desumidificador. Caso contrário, o aparelho não dará conta de entregar todos os benefícios;

• Lembre-se de fechar todas as saídas e entradas de ar, como portas e janelas. Dessa forma, o aparelho trabalha com maior eficiência, sendo capaz de regular a temperatura do ambiente rapidamente;

• Não se esqueça da limpeza do aparelho, que deve ser feita regularmente. O reservatório de água não pode armazenar impurezas por muito tempo, por isso a higienização deve ser feita com água sanitária. Para os filtros, é indicado o uso de aspirador de pó.

Diferenças entre desumidificador e umidificador

Veja as principais diferenças entre os dois aparelhos:

• O umidificador é indicado para ambientes e pessoas que sofram com o ar seco, pois o aparelho solta partículas de água. Portanto, o umidificador não deve ser utilizado em ambientes que desenvolvam focos de mofo ou bolor;

• O umidificador também é indicado para quartos de bebê ou criança, já que elas geralmente são as que mais apresentam crises alérgicas em tempos secos.

Deixe um comentário